CRO-AL se reúne com Secretário Estadual de Saúde de Alagoas

8 de fevereiro de 2021

Membros do Conselho Regional de Odontologia de Alagoas – CRO-AL e da Comissão de Odontologia Hospitalar do CRO- AL estiveram reunidos, na última sexta-feira dia 05 de fevereiro, com o Secretário de Estado da Saúde de Alagoas Alexandre Ayres e o Deputado Estadual Galba Novaes para debater sobre pautas relativas à Odontologia Hospitalar e a situação dos cirurgiões buco-maxilo-faciais que trabalham na rede pública estadual e não são concursados.

Na oportunidade foi levado ao conhecimento do Secretário o cumprimento da Lei 8.009, de 18 de abril de 2018, a qual dispõe sobre a obrigatoriedade da prestação de assistência odontológica a paciente em regime de internação e portadores de doenças crônicas em unidades de saúde públicas e privadas do Estado de Alagoas, destacando que o cirurgião-dentista, habilitado em odontologia hospitalar, hoje é um profissional fundamental junto à equipe multiprofissional das unidades hospitalares, em função dos inúmeros agravos à cavidade oral que acometem os pacientes em regime de internação, cujo diagnóstico e tratamento corretos são pertinentes à odontologia.

A reunião foi bastante positiva, pois o secretário demonstrou já ser conhecedor dos benefícios da participação do cirurgião-dentista dentro da equipe de saúde hospitalar, inclusive na UTI Covid, e que a intenção do governo estadual é que a odontologia hospitalar esteja presente em todos as unidades hospitalares do estado.

Oportunamente, foi ressaltado que de acordo com a lei 8.009, é necessário que o cirurgião-dentista tenha habilitação em Odontologia Hospitalar, reconhecida pelo Conselho Federal de Odontologia – CFO, para poder atuar na odontologia hospitalar em Alagoas,

Após ciência, o secretário Alexandre Ayres, se comprometeu em contribuir para que a lei seja realmente cumprida, tanto no âmbito público, quanto privado, por meio de portarias e de outras ações. Uma delas será a verificação por meio da comprovação da habilitação em odontologia hospitalar pelos cirurgiões-dentistas que já estão em atividade nos hospitais públicos, bem como verificar a forma mais adequada de incluir no próximo concurso vagas para cirurgião-dentista com habilitação em odontologia hospitalar. Caso seja necessário, o secretário juntamente com o Deputado Galba Novaes, irão trabalhar para a criação de novos cargos na área da odontologia hospitalar para serem preenchidos por concurso público.

A comissão de odontologia hospitalar se prontificou em auxiliar a Secretaria de Estado no dimensionamento da equipe de Odontologia para cada hospital, o que foi de pronto aceito pelo secretário. Dr. Alexandre Ayres solicitou, então, à comissão recomendações sobre equipamentos odontológicos de última geração a fim de contribuir para uma odontologia hospitalar de excelência na rede pública do estado de Alagoas.

Por sua vez, em relação aos cirurgiões buco-maxilo-faciais o secretário também firmou o compromisso de realizar o levantamento de vagas existentes no quadro da secretaria estadual de saúde nessa área para supri-las via concurso público.

Embora não estivesse na pauta da reunião, o assunto sobre a vacina no Estado foi abordado e o secretário afirmou que no decorrer desta semana o Estado está recebendo 85 mil doses da vacina Oxford/AstraZeneca e, segundo a previsão da Secretaria de Saúde, os profissionais da saúde, incluindo os cirurgiões-dentistas e auxiliares tanto da rede pública como da privada, devem receber a 1ª dose no final de fevereiro.

Os membros presentes na reunião representantes do CRO-AL foram: CD Márcia Telma Guimarães-presidente, CD Carlos Macedo – secretário geral, CD Raul Lessa – presidente da Comissão de Ética e CD Patrícia Nascimento – Presidente da Comissão de Odontologia Hospitalar.

Postado em Blog